Acontece MD

Moura Dubeux, a mais nova companhia de capital aberto do Brasil

Somos a primeira e única incorporadora do Nordeste a fazer parte da Bolsa de Valores

Moura Dubeux, a mais nova companhia de capital aberto do Brasil

Demos um passo além rumo à excelência corporativa. A partir do dia 13 de fevereiro a  Moura Dubeux Engenharia passa a ser a primeira e única incorporadora da região a estar listada na bolsa de valores (B3). Trata-se de um momento histórico para todos nós e também para o mercado da construção civil nacional. 

Nossos representantes estiveram em São Paulo para participar da oferta pública inicial de ações (IPO) e o início da negociação das mesmas no segmento Novo Mercado. Estiveram presentes o presidente da B3, Gilson Finkelsztain, nosso CEO Diego Villar, o fundador da empresa Gustavo Dubeux e membros do conselho da administração, além de outros colaboradores MD e representantes do mercado financeiro.


Em seu discurso Diego Villar disse que a história da empresa é de resiliência. “Essa conquista mostra o DNA de superação do povo nordestino”, declarou o executivo.

“A oferta da Moura Dubeux mostra a força desse segmento no mercado de capitais. Nos últimos 12 meses a B3 foi palco de 10 ofertas subsequentes do setor de construção que movimentaram R$ 6,8 bilhões, com uma participação expressiva de investidores pessoas físicas", afirmou Gilson Finkelsztain.

Com a realização de seu IPO, passamos a ser a 142ª empresa listada no Novo Mercado, segmento que exige a adoção das mais elevadas práticas de governança corporativa, transparência e acesso às informações pelos investidores.

HISTÓRIA DE CONQUISTAS 

Desde que os irmãos Aluísio, Gustavo e Marcos Moura Dubeux tiraram um sonho do papel em 1983 que a Moura Dubeux só cresce. Temos um completo e variado portfólio de empreendimentos, que vão de imóveis econômicos até hotéis e unidades de alto padrão, localizados nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Em 2006 lançamos a marca Vivex, focada em imóveis de médio padrão. Agora, com o IPO,  nos tornamos a primeira incorporadora com atuação regional a ter ações negociadas na B3. E que venham novas conquistas! 

Fotos: Cauê Diniz